terça-feira, 9 de novembro de 2010

São para seus olhos.




Garota dos olhos esbeltos, olhos tristes e brilhantes, a cada lágrima que dele cai, vira um diamante quando visto de meus olhos. A cada brilho que você usa, destaca-se mais e mais seu olhar tão doce e tão longe, que me fascina de tal maneira que me intriga e me faz pensar no nada do mundo, me faz pensar na dor alheia compartilhada com a verdadeira felicidade dos desprotegidos. Ô menina dos olhos esbeltos !

Nenhum comentário: